31 2138-2900
31 98455-2894





FASEH PARTICIPA DO 4º MUTIRÃO PARA REGULARIZAR IMÓVEIS EM VESPASIANO


Parceria da faculdade com a COHAB e o TJMG tem ajudado a população de bairros carentes a renegociar dívidas, fazer registros e inventários em atendimentos rápidos e gratuitos

Começou, nesta semana, o 4º Mutirão COHAB/TJMG/Faseh para regularizar imóveis das regiões do Caieiras e Morro Alto, em Vespasiano. 270 famílias que estão com pendências na quitação da casa própria ou ainda não têm a posse definitiva dela receberam cartas para comparecer ao Núcleo de Práticas Jurídicas e Cidadania (NPJC) da Faseh, que funciona junto ao CEJUSC/TJMG, no centro da cidade.

As famílias são atendidas individualmente, em 12 salas, para renegociar os pagamentos atrasados com a Companhia de Habitação do Estado, tendo como mediadores os estudantes de Direito da Faseh, 81 no total, sob supervisão da professora e mediadora Ana Cristina Gurgel, com orientação e amparo da Defensoria Pública e os acordos homologados pelo juiz.

Sebastiana e Ana Maria assinam o inventário da mãe delas, feito pelas alunas da Faseh

O magistrado da Comarca de Vespasiano e professor da Faseh, Gustavo Côrte Real, explica que esta é uma oportunidade para que o direito sobre o imóvel financiado seja garantido, com a quitação, registro e a escritura definitiva. “É uma excelente oportunidade para a pessoa vir até o judiciário e conversar sobre seus débitos. Aqui, ela vai ter a oportunidade de renegociar, em condições muito boas e tudo avaliado por um defensor público, se a pessoa não tiver advogado”.

A prof. da Faseh e coord. do NPJC, Ana Cristina Gurgel supervisiona atendimento no mutirão

 

Elzeny foi atendida por 3 alunos da Faseh que fizeram o inventário do marido dela. Antes de falecer, vítima de um acidente de trabalho, foi ao um mutirão, no ano passado, para regularizar a situação do apartamento em que vivia com a mulher e dois filhos, há 21 anos mas com um contrato de gaveta feito com o antigo mutuário, no bairro Caieiras. Agora, a viúva voltou para fazer o novo procedimento e falou do alívio de ter esta assistência gratuita. “Pra mim é ótimo porque eu fico tranquila sabendo que eles vão fazer tudo direitinho. Eles estão me poupando de um trabalho, seria muito pior seu tivesse que fazer, seria muito mais trabalhoso, custoso e demorado”.

Elzeni é atendida por Julia Oliveira, Mariana Sangy e Rodrigo Abreu, alunos da Faseh

 

Seu José Diniz de Oliveira, muito conhecido no Caieiras, pelo trabalho de assistência espiritual que presta à população, é outro que já foi beneficiado pelo mutirão.

Seu José, 97 anos, buscou o mutirão para passar o imóvel que comprou pela COHAB para os filhos

 

Ele comprou o terreno onde mora da Cohab, há muitos anos. Aos 97 anos, conta que fez questão de regularizar tudo e registrar o imóvel que, com ajuda do mutirão, já passou para os filhos. “Os estudantes da Faseh fizeram tudo pra mim. Nossa Senhora! Depois, o pessoal do mutirão trouxe os documentos pra mim aqui. É maravilhoso! Eles estão fazendo uma coisa muito bacana, viu?”

 

 

RUA SÃO PAULO 958, Jardim Alterosa - VESPASIANO - MG CEP 33200-664
CONTATO 55 (31) 2138-2900
BHY Tecnologias